Home Kindle e livros digitais, um caminho sem volta
Post
Cancelar

Kindle e livros digitais, um caminho sem volta

Fala galera!

Hoje o artigo é um pouco diferente, mesmo assim ainda estamos falando sobre tecnologia.

Estou trazendo para o blog novas sessões, e uma que quero muito que saia do papel é sobre dispositivos e produtividade.

Eu amo tecnologia, e sou um entusiasta de dispositivos e acessórios que possam melhorar minha vida pessoal e profissional.

A seis anos atrás eu comprei o meu primeiro Kindle, e tomei a decisão de trocar os livros físicos por livros digitais.

A quem não consiga imaginar a leitura de um bom livro sem o cheiro do papel impresso, e uma estante cheia de histórias.

Eu sou suspeito em opinar sobre os livros digitais, pois no meu ponto de vista, eles têm mais pontos positivos do que negativos em relação ao livro físico.

Mas vamos lá, eu acho que posso apostar meus 2 centavos e convencer a você de trocar, ou pelo menos dar uma oportunidade aos livros digitais.

Se você, como eu, tem uma leitura mais voltada para o conteúdo técnico, sabe que é muito comum que os livros sejam verdadeiras bíblias. Se você já estudou para alguma prova da Cisco e já comprou livros oficiais, sabe do que estou falando.

A experiencia sensorial de um livro físico é muito boa, mas no conjunto da obra creio que livro digital saia ganhando.

Eu já tive minha coleção de livros, e sou aquele tipo de leitor que não admite rabiscos, marca textos ou dobras na capa do exemplar.

Neste ponto, o livro digital me salvou dessas dores, uma vez que posso sublinhar, marcar ou compartilhar um conteúdo do meu livro sem dor na consciência.

Outro ponto importante é na aquisição dos títulos, depois que comprei meu kindle, eu leio muito mais, pois eu não preciso mais esperar o livro chegar para começar a ler, eu simplesmente vou na loja pago, e já estou lendo.

Uma vez que eu aumento o consumo de livros, eu também aumento o número de títulos, no formato digital você não tem problemas com espaço físico.

Isso impacta também na mobilidade, se deslocar com um Kindle cheio de livros não se compara ao peso de um único exemplar dentro da mochila.

E-books não tem peso, nem ocupam espaço físico, você pode carregar quantos quiser!

Aí vem a pergunta, por que não um tablet?

Eu resumiria da seguinte forma: é pesado, cheio de distrações, não possui uma tela que imita o papel e com antirreflexo, ruim para ler sob a luz do sol, menor bateria se comparada aos e-readers e mais caro.

Resumindo um pouco toda história, fiquei motivado em escrever este artigo pois acabei de trocar meu antigo Kindle Paperwhite pelo Kindle Oasis.

Meu antigo Kindle está em perfeitas condições, a bateria ainda está como nova, e o aspecto físico está impecável. Então por que trocar?

A resposta simples seria atualização de hardware. Mas claro, tem outros motivos para justificar a compra do modelo Oasis que é o mais premium e mais caro dos modelos.

Você encontra o aparelho em três modelos: Kindle 10a geração, o Kindle Paperwhite e o Kindle Oasis. Você pode conferir as especificações de cada um no site da Amazon.

A princípio o modelo de 10a geração é mais do que suficiente para qualquer leitor, a diferença do Paperwhite é basicamente uma melhoria muito sutil na tela e ser à prova d’água.

No meu caso, trocar o meu Paperwhite por outro não faria sentido algum, uma vez que é basicamente o mesmo aparelho com uma melhoria de LEDs e o IPX8.

Já no modelo Oasis eu vi algumas vantagens que os outros modelos não possuem. Mais uma vez, não justifica o preço que a Amazon cobra por ele!

Docker para Desenvolvedores - Rafael Gomes

Vantagens do modelo Oasis:

  • Melhor iluminação, são 25 LEDs o modelo anterior conta com 5 LEDs.
  • Sensor de luz automático.
  • Ajuste da temperatura de luz
  • Botões de virada de página
  • À prova d’agua.
  • Tela maior de 7 polegadas.
  • Opção de programar horário para ajuste da tela.
  • Áudio bluethooh para áudio books comprados no Audible.
  • Fundo de tela preto para leitura.

Bom, eu estou adorando o Oasis, é bonito, muito ergonômico em relação ao modelo tradicional, e os botões físicos facilitam e muito na troca de páginas.

O desempenho de hardware também é muito melhor do que o meu anterior, mas isso já era esperado pelo tempo que tenho o outro.

Eu leio muito no escuro, e a iluminação do Oasis é sensacional! Os 25 LEDs, fazem total diferença. Sem contar a tela maior, que deixou a leitura muito mais confortável.

Eu estou muito satisfeito com a nova aquisição, mas como mencionei anteriormente. Não justifica a diferença de valor entre o modelo anterior que é o Paperwhite.

Se for para recomendar, eu sugiro que vá no modelo Paperwhite, você terá uma experiência tão boa quanto ao Oasis e irá pagar muito menos!

Mas claro, se você quiser ir um pouco mais além e estiver confortável para isso, vá de Oasis e não irá se arrepender.

No fim, o importante mesmo é que você continue com o hábito de ler bastante e continuar absorvendo tudo que um bom livro pode proporcionar.

Espero que gostem!

Forte abraço.

Este post está licenciado sob CC BY 4.0 e pelo autor.

Poster de certificações Microsoft - Julho 2021

Especialista, generalista ou profissional T?