Home [Exam-Prep] LPI Linux Essentials
Post
Cancelar

[Exam-Prep] LPI Linux Essentials

Fala galera!

Sabe aquela frase: “É como andar de bicicleta, a gente nunca esquece!” Pois é, mesmo longe do mundo open source à alguns anos, meu amor pelo Linux é incondicional!

Para quem me conhece a mais tempo, sabe que sempre trabalhei com redes e infraestrutura, meu dia a dia basicamente era trabalhar com roteadores e servidores Linux. Porém, se você olhar minhas certificações, não irá encontrar nenhuma certificação de Linux (até essa semana 😊) e mais estranho que isso, a grande maioria são certificações Microsoft.

Este ano estou focando meus estudos no mundo DevOps, e com isso voltei a utilizar Linux com mais frequência no meu dia a dia, confesso que até deu aquela vontade de instalar o sistema na máquina e voltar novamente para o sistema do pinguim.

Mas passou, hoje em dia não tenho tempo para lidar com a dependência de alguns softwares que não são suportados para o Linux, e para minha produtividade, ter meu ambiente principal em Windows, ainda é mais produtivo. Com isso, fico com o WSL2 que por sinal me atende muito bem.

Aliás, se você não sabe como instalar o WSL2 no seu Windows, segue este artigo: http://www.unicast.com.br/posts/configurando-o-wsl2-no-windows-10.html

No final das contas, nunca deixei de utilizar o Linux.

Como mencionei, o contato diário com o Linux me trouxe uma nostalgia muito grande, lembrei da época que nem existia EAD e tinha que sair daqui do interior de Minas Gerais para ficar uma semana em São Paulo e fazer os cursos da 4linux.

Cada certificado conquistado era uma alegria sem tamanho, chegava aqui e queria colocar tudo em prática.

Quantos servidores Linux subi na vida? Nem sei, realmente foram muitos!!!

Nessa época, eu sonho era tirar a certificação LPI, por várias vezes foquei nos estudos e me preparei para fazer a prova, mas pelos mais diversos motivos nunca prestei o exame.

Minha carreira mudou bastante nos últimos anos, mas eu sempre tive esse objetivo guardado. Na hora oportuna, eu iria tentar me certificar nas provas de LPI e Cisco. Afinal de contas, se estou onde estou hoje é devido a minha base (redes e linux).

Se eu disser que tenho tempo para isso, estarei mentindo, tenho muitas prioridades na frente deste antigo sonho.

Mas como a hora mais oportuna nunca vai chegar, então vamos fazer e acontecer. Esse ano eu coloquei como meta, no meio das minhas prioridades de estudo me certificar em Linux e pelo menos na CCNA da Cisco.

Mas como estou a algum tempo fora do jogo e não sou tão maluco assim, resolvi começar mais leve, e por que não começar pela LPI Linux Essentials?

Seria a prova perfeita para começar, não é muito cara, $75.00 dólares, não tem prazo de validade e seria uma boa prova para testar meus conhecimentos atuais sem precisar de fato tirar um tempo para estudar.

Isso mesmo, a ideia era começar por ela justamente para ver o meu nível de conhecimento. Marcar a prova fazer e ver o resultado.

Contextualizando um pouco da LPI e da prova Linux Essentials. O Linux Professional Institute é uma organização sem fins lucrativos que fornece padrões globais para certificação e suporte de carreira para profissionais de código aberto.

A prova Linux Essentials é destinada aos candidatos que estão começando no mundo Linux e estão em busca de entender os fundamentos do sistema operacional Linux e ganhar experiência na configuração e gerenciamento do Linux.

Basicamente é uma certificação destinada a iniciantes ou profissionais que já trabalham com Linux e querem aumentar seus conhecimentos sobre o sistema operacional.

Visto que a LPIC-1 é uma prova bastante densa, vale a pena considerar a Linux Essentials.

Bom, seguindo este raciocínio, marquei a prova e fui para jogo. Eu já previa que seria um exame fácil, visto que eu não sou novo no mundo Linux e esta não é minha primeira certificação de TI, mas por outro lado está foi minha primeira prova de certificação LPI Linux.

Minha prova teve 40 questões de múltipla escolha e entre elas, 2 perguntas para completar o comando. Possui 1 hora de prova, o que é mais do que suficiente para o nível das questões.

Como eu esperava, foi um exame muito fácil e utilizei pouco mais de 20 minutos para fechar a prova.

E para minha surpresa, eu quase gabaritei a prova! 😊

No geral eu gostei muito da prova, foi muito divertida e o resultado me deixou ainda mais animado e com vontade de seguir para o próximo nível. A dúvida agora é: LPI ou Linux Foundation.

Se você me perguntar se vale a pena, eu diria que sim, da mesma forma que acho muito válida as provas de entrada com AZ-900, DP-900, SC-900 entre outras.

Esse tipo de prova tem muitos benefícios, primeiro que você foca mais nos fundamentos do que a prática, e isso é extremamente importante, visto que muitos começam pela prática, sabem fazer, mas não sabem explicar o que estão fazendo. E isso implica diretamente na hora de resolver problemas, o famoso TROUBLESHOOTING.

Segundo que são provas mais baratas e geralmente não tem pravo de validade, para quem está começando a fortalecer o currículo é uma boa estratégia.

Sobre material de estudo acho que nem tenho propriedade para falar por agora, mas eu sei que hoje em dia tem muito material de qualidade para certificações Linux.

Mas para não ficar em cima do muro, eu acompanho o Mateus Müller no Instagram e gosto bastante da didática dele, ele tem diversas certificações Linux e vários vídeos no seu canal do Youtube.

Vi que ele tem um curso para essa prova em questão, LPI Linux Essentials: Preparatório para a Certificação. Vale a pena conferir.

Outra dica é o material oficial da própria LPI, diga-se de passagem é muito completo, está in inglês, mas é muito bom.

Linux Essentials

É isso galera, espero que gostem.

Forte abraço.

Este post está licenciado sob CC BY 4.0 e pelo autor.

Os 5 R’S para migrar seus recursos para nuvem

[Exam-Prep] AZ-700 Azure Network Engineer Associate